Início DESPORTO Clubes não licenciados não vão participar no Moçambola20

Clubes não licenciados não vão participar no Moçambola20

COMPARTILHE

O Presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, reiterou ontem, que nenhum clube vai participar no Moçambola sem estar licenciado. Sidat alertou ainda, que vai ser intolerante quanto ao aspecto.

A Confederação Africana de Futebol (CAF) recomendou para a necessidade do devido licenciamento dos clubes moçambicanos para a disputa de provas, principalmente do âmbito africano.

A Comissão de Licenciamento de Clubes fez um trabalho de sensibilização, assim como de facilitação, para que este processo fosse concluído antes mesmo do arranque do Moçambola 2020.

Entretanto, até ao momento, mais de metade dos clubes não estão licenciados, o que poderá inviabilizar a sua participação no campeonato nacional.

“Amigos – amigos, negócios à parte! Clubes que não forem licenciados não vão participar no Moçambola. Nós já tivemos encontros com a direcção da Liga Moçambicana de Futebol, eles estão conscientes e preocupados”, disse Feizal Sidat, durante o balanço trimestral da direcção da Federação Moçambicana de Futebol, que fez hoje, na Casa do Futebol.

Feizal Sidat deixou claro ainda que “regras são regras e não haverá tolerância” para os clubes que não preencherem os requisitos, pois o que mais importa é a qualidade do futebol moçambicano.

“O que nós queremos é a existência de poucos, mas bons. Não vale a pena ter muitos que nem capacidade tem para licenciar a própria equipa”, sublinhou o presidente, destacando que “vamos ser muito contundentes”.

No balanço trimestral de ontem, Feizal Sidat informou também que o organismo que dirige decidiu aumentar em mais de 60% o valor anual desembolsado às associações provinciais de futebol. Ou seja, passarão a receber 500 mil Meticais contra os 300 mil que eram disponibilizados anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here