Início SOCIEDADE Aulas presenciais: Unicef, Unesco e parceiros mobilizam 15 milhões USD para Governo

Aulas presenciais: Unicef, Unesco e parceiros mobilizam 15 milhões USD para Governo

COMPARTILHE

Disponíveis 15 milhões de dólares norte-americanos para apoiar a retoma das aulas presenciais em Moçambique, mobilizado pelo UNICEF, UNESCO e outros parceiros, o montante será aplicado na criação de condições de higiene e saneamento nas escolas nacionais.

Moçambique é um dos 191 países do mundo que encerraram as escolas por causa da COVID-19.

Decorridos 4 meses após a Organização Mundial da Saúde declarar a COVID-19 como uma pandemia Global, as aulas presenciais tem vindo a retomar um pouco por todo o mundo, exigindo dos governos locais esforços financeiros adicionais para garantir a higienização dos recintos escolares e descongestionamento das salas de aula.

Neste contexto, em Moçambique, o UNICEF, UNESCO e outras organizações mobilizaram, através da Parceria Global para a Educação, dinheiro para apoiar a retoma das aulas presenciais, num ambiente são, limpo e livre da contaminação do novo coronavírus.

A retoma das aulas presenciais foi anunciada há dias pelo executivo e deverá observar três fases.

O UNICEF e UNESCO apoiam a iniciativa do governo, porque entendem que o acesso à educação é um direito adquirido das crianças.
Mas, apelam a criação de condições de higiene e saneamento antes do reinício das aulas presenciais.

Em Moçambique, apenas 30% das escolas tem condições criadas de higiene e saneamento antes do reinicio das aulas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here