Início SOCIEDADE Maior unidade sanitária do país “HCM” cancela cirurgias devido a falta de...

Maior unidade sanitária do país “HCM” cancela cirurgias devido a falta de sangue

COMPARTILHE

O Hospital Central de Maputo (HCM), está a cancelar cirurgias, devido a redução do número de dadores de sangue provocada pelo receio de infecção pela COVID-19. Farida Urci, directora clínica do HCM, declarou que o
hospital adiou esta semana dez operações devido à insuficiência de sangue.

Segundo a Dra. Urci, se não houver adesão
da população aos pedidos de doação de sangue, haverá mais doentes com cirurgias canceladas e quanto mais tempo essa situação durar, os pacientes correm o risco de ter complicações. A escassez de sangue está a afectar em particular intervenções cirúrgicas em doentes oncológicos, casos de traumatismos e grávidas com partos
complicados.

Desde o registo do primeiro caso de COVID-19 em Moçambique, a quantidade de sangue doado no HCM tem vindo a decrescer, sendo que são actualmente colectadas 100 unidades de sangue por dia, um quarto das que eram angariadas antes da crise pandémica.

A doação de sangue está dependente apenas de familiares dos doentes com necessidade de transfusão de sangue. Antes da pandemia doavam sangue crentes religiosos, militares e pessoas de outros grupos sociais.

A directora clínica garantiu que o estabelecimento oferece segurança contra o novo coronavírus, encorajando as pessoas a doar sangue.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here