Início SOCIEDADE Surto da frebre Aftosa: Proibida  movimentação de gado em Maputo

Surto da frebre Aftosa: Proibida  movimentação de gado em Maputo

COMPARTILHE

A Direcção Nacional de Desenvolvimento Pecuário proíbe a partir de hoje a movimentação de gado bovino, caprino, ovino e suíno destinados a criação e abate em toda a província de Maputo, devido a eclosão de um surto de febre aftosa no distrito de Magude.

Neste momento, setenta e oito cabeças de gado bovino de um tanque carracicida, na sede do distrito de Magude, estão contaminadas pela febre aftosa, colocando em risco mil e quinhentas cabeças.

O director nacional de Desenvolvimento Pecuário, Américo da Conceição, diz que está igualmente proibido o movimento de carnes de gabo bovino, caprino, ovino e suíno de e para a província de Maputo.

“ Também proibimos o movimento de forragens destinadas a alimentação de animais e a concentração de animais para quaisquer fins, sem a permissão da autoridade veterinária. É permitido o movimento de carnes e animais das outras províncias que não estão afectadas pela febre aftosa”, disse.

O director nacional de Desenvolvimento Pecuário referiu que uma equipa de técnicos veterinários encontra-se no distrito de Magude para conter a propagação da febre aftosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here