Início POLITICA Nós vamos bater a Frelimo até levar todas armas”, revelou Nhongo, líder...

Nós vamos bater a Frelimo até levar todas armas”, revelou Nhongo, líder da Junta Militar

COMPARTILHE

Em entrevista à DW África Mariano Nhongo, líder da auto-proclamada Junta Militar da Renamo, também recusa qualquer aproximação com Ossufo Momade.

Nhongo acusa-o ainda de ser traidor e extende a acusação a André Majibiri, secretário-geral do partido.

“Não temos mais ‘paciência em ir pedir paciência’ [favor] aos traidores, porque ninguém da Junta Militar da RENAMO vai ter com o Majibiri. Alguma vez ele disparou [uma] arma?”, questionou Nhongo, acrescentando: “Nós conhecemos a ele [Majibiri], recusamo-lo quando era jovem, em 1989”.

“Ossufo saiu da Frelimo, foi capturado. Os dois combinaram para destruir a Renamo. Mas a Renamo não é destruída. Não temos mais tempo para nos ajoelhar [diante do] camarada, em frente à Frelimo […] Ajoelhar, pedir favor para quê? Nós vamos bater a Frelimo até levar todas armas”, acrescentou o líder da Junta Militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here