Nyusi apela novos membros da CNE a despirem-se das fardas partidárias na sua actuação

0

O Presidente da República, Filipe Nyusi, fez este apelo na manhã desta sexta-feira, 15 de Janeiro, discursando na cerimônia de empossamento dos novos membros da CNE, em Maputo.

“Caros empossados, vós, a partir de já não representais a um grupo dos moçambicanos, representais à Nação. Por isso, no exercício das vossas funções mantenham uma cultura de trabalho, missão, visão e valores da CNE”, afirmou o Presidente da República, fazendo apelos para que os novos empossados previlegiem o diálogo constante, consensos na gestão dos processos eleitorais, comunicação permanente com todas as partes intervenientes do processo, e, sobretudo nas relações de trabalho que desenvolverem.

“Primem pela irmandade, pelo profissionalismo e pela ajuda mútua fundados no facto de serem membros de uma mesma equipa, onde a actuação seja caracterizada por uma abnegada actuação, sem atender à filiação partidária ou as corres de proveniência de cada membro”, apelou.

Na ocasião, o Chefe do Estado desafiou aos novos integrantes da CNE a superarem as irregularidades administrativas que têm caracterizado os processos eleitorais no país, tais como “a abertura tardia das mesas de votação, divergência do número de votos registados e o número de votos constantes do edital e da acta de centralização dos resultafos eleitorais, casos de suspeita de enchimento de urnas e de circulação de boletins de votos pré-votados, inutilização do sentido de voto expresso pelo eleitor por parte dos membros das mesas de votação e rasura de alguns editais e actas de apruramento”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here